0

“O povo trabalha pra mim” disse o vereador do capão do leão

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

Bem amigos nos últimos dias tenho visto muitos comentários e reportagens acerca de um suposto vazamento de áudios em um grupo fechado estabelecido no aplicativo WhatsApp, onde um vereador da cidade vizinha de Capão do Leão, chamado Ailton Miranda (PTB), propala aos sete ventos em trecho que: “Eu sou vereador, menina. Eu não sou dono de empresa. Eu sou vereador. O povo trabalha para mim. E tu tens que trabalhar para o povo. É diferente. A senhorita e o senhor esposo têm que trabalhar para o povo. Enquanto eu, aqui, o povo trabalha para mim, tá bom?” Logo em seguida que o áudio tomou dimensões em nível nacional o então vereador tentou se retratar, dizendo que havia sido infeliz e justificando o que realmente havia falado. Mas o que realmente importa neste caso é que na mentalidade da maioria dos políticos brasileiros, eles realmente pensam assim! Se fizermos uma pesquisa na qualificação dos vereadores brasileiros iremos constatar que se trata de pessoas desqualificadas e que vislumbram no cargo público a aquisição de um bilhete premiado. São 04 (quatro) anos de salário garantido! Realmente pensam existir e fazer prevalecer os privilégios inimagináveis que o cargo que ocupam proporciona, mas na verdade o cargo em si, não proporciona benesse alguma. Pelo contrário o candidato a cargo eletivo precisaria ter outra mentalidade, de servir ao povo, e não servir-se do mesmo. Infelizmente a política brasileira está eivada de vícios de conduta, é o chamado toma lá, dá cá! As negociatas, os favores, os patrocínios escusos, enfim o sistema político está totalmente corrompido. E esse vereador do Capão do Leão, é apenas mais um na multidão que possui esta mentalidade. Por isso eu sempre volto a questão de prestarmos atenção no que está acontecendo no país, na operação Lava Jato, na maneira que fazíamos política, é preciso mudar, é preciso eleger pessoas capacitadas, deixar de lado quem deseja apenas se arrumar na vida, quem oferece algo em troca de votos, precisamos passar o sistema eleitoral a limpo, e tudo começa votando corretamente nas próximas eleições. E como fazer isso? Pesquisando sobre os candidatos, suas qualificações, sua vida pregressa, se estão envolvidos em escândalos, se quando eleitos trabalharam em prol do povo, se possuem ficha limpa, se de fato suas intenções pelo menos se mostram fidedignas com sua conduta como cidadão. Tenhamos a certeza que somente agindo assim, sem pensarmos em nos privilegiar individualmente, mas como povo único e uniforme poderemos ter a perspectiva de estarmos diante de um novo Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *